As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos.

Ibama
11/01/2006
Unidades de conservacao da Amazonia receberao 21 veiculos ate fevereiro

13 camionetes Mitsubishi chegarão às unidades até o final do mês.

Brasília (11/01/06) - O Ibama vai entregar até o final de fevereiro 21 veículos a unidades de conservação da região amazônicas. Até o final deste mês, 13 camionetes Mitsubishi L200 4x4, no valor de R$ 1,3 milhão, serão entregues a 13 unidades de conservação na Região. Em fevereiro, oito motocicletas também serão entregues. Os investimentos foram previstos dentro do plano de trabalho para 2005 do Programa Áreas Protegidas da Amazônia (ARPA).

As unidades que receberão as camionetes são as seguintes: Reservas Biológicas Lago Piratuba, Tapirape, Jaru, Trombetas. Os Parques Nacionais do Virua, Jaú, Cabo Orange, Tumucumaque e Cutia. Reservas Extrativistas Barreiro das Antas, Maracanã e do Rio Catuario. Além da Estação Ecológica de Maracá.

Os 13 veículos estão equipados com guinchos, capota, auto-track e snorkel, atendendo às solicitações feitas previamente pelas unidades. A aquisição dos carros é fundamental para atender às demandas das unidades, devido às dificuldades de acesso e a falta de transporte público para os servidores do parque chegarem até o local de trabalho.

As oito motocicletas, previstas para fevereiro, irão para os Parques Nacionais de Cutia e da Serra do Divisor, Estação Ecológica de Maracá, além das Reservas Biológicas de Tapirape e Jaru.

Segundo o coordenador de Gestão de Unidades de Conservação do Ibama, Anael Jacob, “sem esses equipamentos, o Ibama fica impossibilitado de proteger, fiscalizar e se aproximar das comunidades vizinhas às unidades”.

Em novembro de 2005, o programa investiu nas unidades R$ 303,8 mil em equipamentos de informática, estações hidrológicas entre outros equipamentos, destinadas a todas as unidades contempladas pelo ARPA.

O Programa Áreas Protegidas da Amazônia tem o objetivo de expandir e consolidar unidades de conservação na Amazônia e conta com parceria técnico-financeira do Governo Federal, Estados do Acre, Amapá, Amazonas, Roraima, Rondônia e Pará, além de municípios da região amazônica e outras entidades como Banco Mundial, WWF, KfW, GTZ e Funbio. (Luiz da Motta)