As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos.

G1 - http://g1.globo.com/
03/11/2014
Unidade de conservacao sera criada em Algodoal, no PA

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) do Pará anunciou nesta segunda-feira (3) a consulta pública que vai resultar na criação da Unidade de Conservação do tipo Monumento Natural, para conservar as dunas e restingas da Área de Preservação Ambiental (APA) Algodoal Maiandeua, localizada no município de Maracanã, no nordeste do Pará.

Durante a última semana do mês outubro, a Sema promoveu uma campanha de sensibilização entre os moradores locais, e anunciou para o próximo dia 18 de novembro a data consulta pública que será realizada na Associação de Pescadores da Vila de Algodoal.

A APA Algodoal Maiandeua inclui o Lago da Princesa e o Lago Grande, que é localizado na comunidade de Fortalezinha. A escola municipal da Vila de Algodoal recebeu a campanha de sensibilização, que abordou a importância da proteção dos ecossistemas costeiros e da criação de Unidade de Conservação como estratégia de preservação ambiental.

Ofícios convites também foram entregues para instituições das Ilhas Algodoal e Maiandeua e na sede do município de Maracanã, região nordeste do Pará, convocando a população para participar da consulta pública.

A partir desta segunda-feira (3) a quarta-feira (5), o município de Salinópolis recebe a campanha de sensibilização da Sema, para a criação de uma unidade de conservação na categoria Monumento Natural nas dunas, restingas e manguezais da ilha do Atalaia.

http://g1.globo.com/pa/para/noticia/2014/11/unidade-de-conservacao-sera-...