As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos.

Ascom Instituto Chico Mendes
25/09/2007
Parques nacionais do Cabo Orange e Tumucumaque sao atracoes em festival de turismo

Macapá (25/09/07) As belezas naturais e os atrativos turísticos dos parques nacionais Montanhas do Tumucumaque e Cabo Orange foram atrações no II Festival Internacional de Turismo no Meio do Mundo, promovido pelo Governo do Amapá, de 20 a 23 de setembro, no entorno do Monumento Marco Zero do Equador, na capital Macapá.

O evento buscou promover o desenvolvimento regional do turismo e ecoturismo, por meio de encontros e rodadas de negócios, incluindo uma reunião do Fórum Nacional dos Secretários e Dirigentes Estaduais de Turismo. A diversidade cultural amapaense se refletiu na programação cultural, com manifestações indígenas, danças típicas como marabaixo e batuque, e roda de samba.

Os estandes dos parques nacionais foram visitados por acadêmicos e estudantes, que buscavam informações sobre essas unidades de conservação e seu modelo de gestão. Através de exposições fotográficas, apresentações de vídeos e materiais educativos, o público teve a oportunidade de conhecer estas áreas protegidas e obter informações sobre as suas finalidades e potencial turístico com a equipe de analistas ambientais responsáveis pela gestão dos parques.

Fotografias Parte da exposição fotográfica sobre a expedição ao rio Jarí, realizada entre julho e agosto de 2005, em iniciativa conjunta do Ibama/AP e da Organização Não Governamental WWF Brasil, foi apresentada na área do Parna Montanhas do Tumucumaque.

Composta de painéis acompanhados de textos explicativos, a exposição revelou cenários de rara beleza natural, bem como as dificuldades enfrentadas pela expedição, captados pelas lentes do fotógrafo Ricardo Zig Koch, especializado em vida selvagem e natureza.

No estande do Cabo Orange, além de informações sobre a gestão da mais antiga unidade de conservação federal do Amapá, o público apreciou o vídeo Oiapoque, o rio repartido (Oyapock, le fleuve partagé), que contou com a colaboração da equipe do Parna Cabo Orange para sua elaboração, e integra as ações da Cooperação Transfronteiriça entre o Brasil e a Guiana Francesa.

Equinócio Os visitantes presenciaram ainda o fenômeno natural do Equinócio, que ocorreu às 6h59min do domingo (23) e marcou o início da primavera no hemisfério Sul.

Carta de Macapá - As autoridades estaduais signatárias assinaram, ao final do evento, a Carta de Macapá, na qual firmam o compromisso dos governos da região Norte em desenvolver ações para que a Amazônia seja eleita a maior maravilha da natureza em concurso que escolherá as Sete Maravilhas da Natureza.