As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos.

Agencia (AC) - http://www.agencia.ac.gov.br/
20/09/2011
Familias da Reserva do Antimary vao receber mais de R$ 160 mil para investir na producao

As famílias que moram na Reserva Estadual do Antimary continuam sendo beneficiadas com os projetos voltados a proporcionar melhorias na produção sustentável. A ação tem foco na floresta e na recuperação de áreas alteradas e integração com as cadeias produtivas da agricultura familiar. Os investimentos feitos pelo Governo do Estado são de R$ 164.607,34 somente para o setor produtivo, que é fruto do Plano de Desenvolvimento Comunitário (PDC), assinado e entregue no último final de semana a Associação dos Moradores da Floresta do Antimary. A solenidade de entrega do PDC aconteceu em mais uma etapa do Programa Saúde Itinerante realizado pela Secretária de Estado de Floresta (SEF) em parceria com a Secretaria de Saúde do Município do Bujari.

Estiveram representando o Governador Tião Viana no evento de entrega e assinatura do Plano de Desenvolvimento Comunitário as lideranças da Reserva, o secretário João Paulo Mastrângelo da Secretaria de Estado de Floresta (SEF); Edgard de Deus, Secretário de Estado de Meio Ambiente (Sema); Lourival Marques, Secretário de Extensão e Agricultura Familiar (Seaprof); Fernando Lima, Diretor Presidente do Instituto de Meio Ambiente do Acre (Imac) e Luiz Mesquita Diretor Presidente da Fundação de Tecnologia do Acre (Funtac).

O Plano de Desenvolvimento Comunitário é elaborado com base na exposição dos problemas, necessidades e desafios dos próprios moradores da reserva.

O Plano está incluído dentro do Programa de Inclusão Social e Desenvolvimento Econômico e Sustentável do Acre (Proacre), e visa estabelecer resultados assumidos pelo Governo Tião Viana no sentido de proporcionar uma maior inserção das comunidades rurais e da floresta no desenvolvimento regional. A ideia é desenvolver políticas estaduais que garantam a melhoria da qualidade de vida e a sustentabilidade sócioambiental e econômica das comunidades.

Todo o trabalho de implementação e execução das ações produtivas, assim como a conclusão das atividades que forma o PDC, são de responsabilidade da Secretaria de Estado de Extensão Agroflorestal e Produção Familiar e Secretaria de Estado de Floresta de acordo com as ações denominadas a cada gestão.

Para o presidente de uma das Associações da Reserva do Antimary, Marivaldo Rodrigues de Freitas, os investimentos vieram em boa hora, já que todos os levantamentos foram debatidos e tirados dentro de um diálogo com a comunidade que decidiu como seria investido os recursos. "Depois que o Governo do Estado entrou aqui no Antimary a realidade das famílias tem melhorado e muito. Temos tido condições de produzir, a saúde vem até nós, com o saúde itinerante, a educação chegou a comunidade e, ainda, contamos com um recurso mensal para preserva a floresta. A comunidade vive bem melhor e tenho certeza que com esses investimentos vamos melhorar cada vez mais", relatou Marivaldo.

O Secretário de Estado de Meio Ambiente, Edgard de Deus, falou da importância das políticas de desenvolvimento sustentável que estão sendo levadas até as populações das florestas do Estado. "Temos acompanhado desde governo do agora senador Jorge Viana o progresso que tem chegado às comunidades, principalmente para as da Reserva do Antimary, que estão sendo contempladas no governo Tião Viana, com benefícios como saúde itinerante, o bolsa floresta no valor de R$ 880 por mês, e agora com os investimentos que serão locados para o setor produtivo por meio do PDC", destacou o secretário.

"Se temos dificuldades vamos juntos trabalhar para superá-las. O Governo Tião Viana tem apostado nessas famílias e vai continuar investindo na melhoria da qualidade de vida delas", disse o Secretário de Floresta, João Paulo Mastrangelo.

Seaprof vai construir 53 açudes na Floresta para ajudar na renda das famílias

Junto com os investimentos do Plano de Desenvolvimento Comunitário, o Secretário de Estado de Extensão Agroflorestal e Produção Familiar, Lourival Marques anunciou, autorizado pelo Governador Tião Viana, a construção de 53 açudes para fortalecer a produção e a renda das famílias da Reserva. Segundo Marques a construção dos açudes vai dar mais uma alternativa para essas comunidades aumentarem sua renda com a produção de pescado.

"O governador autorizou e vamos começar junto com a comunidade verificar as áreas que podemos construir esses açudes. O Antimary é uma das comunidades que o governador Tião Viana tem um carinho todo especial e vamos apoiar as ações e as atividades que possam ajudar na economia dessa população", afirmou Lourival Marques.

A construção dos açudes está dentro do Proacre, e é o resultado do compromisso assumido pelo Governo do Estado para proporcionar uma maior inserção das comunidades no desenvolvimento de cada região. A inicitiva fortalece os diversos setores da economia e agricultura familiar das comunidades rurais que necessitam da floresta para conseguir sua renda.

"Estamos muito felizes em poder contar com esses açudes que vão beneficiar todas as famílias, além de podermos vender o peixe e nos alimentarmos melhor", disse Raimundo Souza, morador da Reserva.

Segunda etapa do Programa Saúde Itinerante atende mais de 400 pessoas

Dando seguimento ao Saúde Itinerante na Reserva do Antimary nesse último final de semana o programa atendeu as comunidades do ramal do ouro. As consultas de odontologia e clínico geral foram as mais procuradas pela comunidade.

O Programa levado até a população da reserva é fruto de parceria entre o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Floresta e a Secretaria de Saúde do Municipal do Bujari.

Duas semanas atrás o saúde itinerante atendeu a comunidade do Limoeiro e a adjacentes. O saúde itinerante vai continuar sendo uma constante para as comunidades do Antimary, funcionando a cada dois meses em todas as regiões da reserva e priorizando a comodidade das famílias locais.

"Estou muito satisfeita com o atendimento, os médicos são bem educados tratam a gente muito bem. Graças a Deus eu e meus filhos fomos todos consultados e estamos até com os medicamentos em mãos. Se não fosse essa equipe não saberíamos quando poderíamos ir na cidade para procurar um posto de saúde", disse Maria Darcileide Lima da Silva.

A extrativista Zenalde Souza Dias, falou da importância dos atendimentos chegarem até as comunidades distantes. "Com esses atendimentos a população se sente melhor atendida por parte das autoridades que estão preocupadas com nossa saúde. Temos sido bem amparados aqui pelas ações do Governo do Estado com relação à saúde, educação e agora com esses investimentos que vão ser realizados na produção", afirmou Zenalde.

A Secretária de Saúde do Município do Bujari, Antônia Marreira, disse que os atendimentos em parceria com a Secretaria de Estado de Floresta dentro da Reserva do Antimary continuaram sendo executados. "O objetivo é levar a saúde básica a todos não importa as dificuldades de acesso. Todos nós temos direito a uma saúde digna e vamos levá-la a todas as famílias da zona rural de nosso município com o apoio do Governo do Estado", confirmou a secretária.

Outros atendimentos do saúde itinerante na região da reserva já estão sendo programados para o início do próximo mês.

http://www.agencia.ac.gov.br/index.php?option=com_content&task=view&id=1...