As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos.

O POVO - http://www.opovo.com.br/
24/10/2013
Estrada de 12 km divide Governo

O secretário-chefe da Casa Civil do Ceará, Arialdo Pinho, teceu duras críticas, em sua página no Facebook, ao asfaltamento da estrada que liga a CE-085 à comunidade de Preá, no município de Cruz, próxima ao Parque Nacional de Jericoacoara. Arialdo disse que a obra é uma "irresponsabilidade e falta de visão sobre o turismo".

"Uns dos charmes de Jeri é o acesso, que é inusitado, difícil, tornando um lugar único, reservado. É falta de visão estratégica do que é turismo. Não saber ou não compreender o valor do intocável, o valor do simples no turismo. O Preá, é um pequeno lugarejo a 200 metros do portão de acesso leste na praia ao Parque Nacional de Jericoacoara", escreveu.

Ainda em seu texto, Arialdo chamou o projeto de "idiota e de caráter político". "Achar que o asfalto é a solução de acesso de Jeri, é pensamento de político e empresário oportunista e idiota. É importante, que a Semace (Superintendência Estadual do Meio Ambiente), Ministério Público Estadual e Federal não deixem acontecer um desastre deste, a estrada proposta segue paralelamente ao Parque Nacional a menos de 2 km de distância, não respeitando a zona de amortecimento do Parque Nacional", completou.

A Secretaria do Turismo (Setur) encaminhou ontem à Procuradoria-Geral do Estado (PGE) projeto orçado em R$ 4,7 milhões para ser licitado. O trecho é de 12,7 quilômetros.

Contraponto

O secretário do Turismo do Estado, Bismarck Maia, defendeu a obra e disse que o Parque Nacional de Jericoacoara não será afetado com a pavimentação. "Isso não vai alterar em nada o trajeto de acesso ao Parque, que seguirá se dando pelas Dunas. A comunidade do Preá é igual a tantas outras que querem um melhor acesso. Essa obra vai apenas promover o desenvolvimento dessa comunidade", disse. Segundo afirmou o Departamento de Estradas de Rodagem (DER), por meio de sua assessoria de imprensa, a previsão é que as obras sejam iniciadas no próximo ano.

Como exemplo, Bismarck citou a Prainha do Canto Verde, em Beberibe, no Litoral Leste, a 120 km da Capital, que teve seu acesso melhorado em 2000 e até hoje mantém as tradições.

"Não adianta só promover o Estado com praias bonitas, temos que ter estrutura também. Turismo se faz com qualificação de espaços. Entendemos que melhorar o acesso gera mais desenvolvimento para a região e atende a demanda da população", disse.

O titular da Setur disse que respeita a opinião de Arialdo, mas que "não adianta misturar uma coisa que está totalmente fora do que será desenvolvido"

Números

12,7 km
é o trecho que será reformado, ligando a CE-085 à comunidade de Preá

R$4,7mi
é o valor máximo proposto pela Setur para a reforma da estrada

http://www.opovo.com.br/app/opovo/economia/2013/10/24/noticiasjornalecon...